Saber o melhor momento para vender milhas é o segredo para ganhar mais com elas. Assim, quem tem um estoque delas e precisa de uma renda extra, sem dúvida, deve investir nesse mercado de vendas. Então, veja aqui qual é a hora certa para comercializá-las. 

Veja quando vale a pena vender as milhas

Para ter sucesso nessa empreitada, antes de tudo, é preciso saber qual é o melhor momento para vender milhas. Só assim, você conseguirá obter vantagens na transação. Dessa maneira, confira logo abaixo em quais cenários a comercialização é a opção ideal.

O melhor momento para vender milhas é quando estão prestes a expirar

Para aqueles que têm milhas paradas na conta do programa de fidelidade, não perca tempo, venda agora antes que percam o valor. Dessa forma, você não as desperdiça, afinal, elas são como moedas de troca, logo, valem dinheiro.

Fique atento às datas de validade, isso porque, também não é interessante vender milhas com elas prestes a expirar. 

Quando não se viaja tanto

Para os usuários que não gostam ou não têm tempo de viajar, a melhor opção é vender as milhas acumuladas. 

Uma maneira de continuar a juntar e sem precisar entrar em um avião é por meio do cartão de crédito. Os pontos adquiridos em suas compras podem se converter em milhas, aumentando o seu estoque para vendas futuras.

Quando está precisando de dinheiro

O melhor momento para vender milhas é quando se está precisando de uma renda extra para quitar os boletos em atraso.

Como funcionam os sites que compram milhas?

Existem plataformas que compram as milhas dos usuários. Cada empresa possui uma política e regras próprias, no entanto, o mercado de milhas, no geral, funciona da mesma forma para todos. 

Na Cash Milhas, por exemplo, o processo acontece da seguinte forma:

  1. O vendedor faz uma cotação e informa qual é a sua companhia aérea e a quantidade de milhas que deseja vender;
  2. Em seguida, recebe os valores da plataforma por e-mail;
  3. A próxima etapa é preencher um formulário;
  4. Por fim, é só esperar a Cash Milhas entrar em contato para fazer o pagamento.

Simples, prático e sem complicações. Acima de tudo, é seguro, portanto, não precisa se preocupar.

Qual é o melhor momento para vender milhas?

As plataformas que compram milhas não alteram o valor de acordo com a baixa ou alta temporada. Há outros fatores que elas levam em conta, como a oferta e a demanda, bem como a oscilação do dólar. 

No entanto, nos meses de férias, os preços das passagens aéreas costumam aumentar. Portanto, quem tem milhas para vender, vai ter uma demanda grande nesses períodos em questão, pois a procura será alta. 

Conheça a média de valores que são pagos ao vender milhas

A milha é como uma moeda de troca, logo, é dinheiro. Nesse grande universo que é esse mercado, no geral, negocia-se o milheiro, ou seja, a cada mil milhas. O preço deste varia entre R$ 10 a R$ 30 reais. 

Entenda que o valor exato é calculado de acordo com vários fatores. Na verdade, é possível comparar tal situação com as ações da Bolsa de Valores ou das oscilações do dólar. 

Isso significa que o preço de hoje não será o mesmo de amanhã. Por isso, é essencial saber qual é o melhor momento para vender milhas, a fim de lucrar bem em sua transação.

Casal discutindo sobre dúvidas no cartão de crédito enquanto aprende sobre o melhor momento para vender milhas aéreas.

Diferença em trocar milhas por vender milhas, qual é mais vantajoso

Com toda a certeza, vender milhas é muito mais interessante do que trocá-las por vários motivos. Dessa forma, um deles é que com a venda você ganha dinheiro e pode fazer o que quiser com ele, ou seja, tem total liberdade de ação. 

Ao fazer a troca por mercadorias, por exemplo, não há flexibilidade, pois a quantidade de milhas é a mesma para determinado item. Isto é, o produto nunca fica com desconto. Além disso, o usuário não escolhe modelo ou marca, é a opção que está disponível e pronto.

Vender milhas é melhor do que trocar por produtos

Outro motivo que reforça que a venda é muito mais vantajosa é sobre o valor das cotações. Então, ao solicitar uma em datas de alta demanda, como feriados e férias, os preços de vendas se tornam mais atrativos, já que a procura é maior.

Na troca, isso não acontece e você ainda corre o risco de não encontrar a mercadoria que procura. Dessa forma, acaba perdendo milhas, ou seja, perde dinheiro e grandes oportunidades de investi-lo em algo bom.

Black Friday é o melhor momento para ganhar mais milhas?

Durante o mês de novembro, acontece a Black Friday e a Black Week, com muitas promoções e descontos. 

O que muitos não sabem, entretanto, é que nesse período é possível ganhar ainda mais milhas para vender. Nos tópicos a seguir, você fica sabendo como, confira.

1 – Bônus nas transferências de pontos do cartão de crédito

Nos envios padrões, um ponto gera uma milha. Mas, em épocas como a BF, os programas de fidelidade oferecem bonificações de até 120% nas transferências de pontuação. 

Em outras palavras, você transfere a mesma quantidade de pontos e ganha milhas extras por isso. Portanto, fique de olho para quando surgir essa oportunidade. 

2 – Adquirir pontos com desconto

Outra alternativa para acumular mais para depois escolher o melhor momento para vender milhas é na compra de pontos em oferta. 

Muitos programas de fidelidade oferecem até 50% OFF na aquisição, portanto, é bom ficar atento a esse tipo de campanha.

3 – Mercadorias mais baratas

Na Black Friday, é possível encontrar aquele smartphone que você deseja por um preço mais acessível. 

Ao comprá-lo com o seu cartão de crédito, acumula-se pontos. Isso porque, muitas lojas virtuais importantes são parceiras dos programas de fidelidade, como Ponto Frio, Magalu e Casas Bahia. 

Não se esqueça de trocar os pontos por milhas e a partir daí, é só vender na Cash Milhas e ganhar dinheiro com isso. No entanto, fique sempre muito atento aos prazos de validade para não desperdiçar nenhuma.