Está em dúvida se vale a pena trocar milhas por passagens aéreas? Nós vamos te ajudar a resolver esse impasse

O ano de 2020 começou com muitos planos.

Viagens de fim de ano com milhas? Opa… vai dar certo.

Para quem ama viajar, a grande quantidade de feriados prolongados seria o cenário ideal, mas, o que ninguém esperava é que, em março, nossa vida viraria de cabeça para baixo.

A pandemia mudou completamente o rumo das coisas e o novo normal interferiu diretamente no planejamento, principalmente em relação às viagens de fim de ano com milhas.

Com a liberação gradual dos pontos turísticos, muitas pessoas têm se questionado se ainda é possível curtir as férias fora da sua cidade, estado ou país. Se essa também é sua dúvida, confira as informações a seguir.

É possível fazer viagens de fim de ano com milhas?

O setor de viagens e turismo foi um dos primeiros a sofrer os impactos da pandemia.

As companhias aéreas tiveram que reduzir consideravelmente o número de voos por conta do fechamento de fronteiras e da necessidade de isolamento social.

Para reduzir os efeitos negativos desse cenário, a GOL, por exemplo, mudou as políticas de remarcação de passagens.

As viagens programadas até o dia 31 de dezembro poderão ser remarcadas sem custo por uma única vez.

Outra opção é o cancelamento de viagens programadas até 31 de dezembro.

Nesse caso, você pode gerar crédito para a próximo destino. E quem comprou passagens com milhas Smiles?

imagem de aeroporto no por do sol com os passageiros trafegando pelo saguão

Nesse caso, bilhetes emitidos até o dia 23 de agosto com viagem marcada até 30 de setembro podem ser cancelados sem taxas e as milhas voltam para o saldo.

Para voar a partir do dia 1 de outubro, será necessário pagar uma taxa de reembolso.

A LATAM também criou novas regras para viagens de fim de ano com milhas. Para cancelar a passagem comprada com pontos, é necessário informar o número LATAM Pass e o do bilhete a ser cancelado.

Os pontos serão devolvidos ao seu saldo em até 30 dias após a solicitação do reembolso.

Nesse caso, a validade das milhas permanece a mesma. Vale mencionar que a companhia cobra taxas para reembolso.

Vale a pena fazer viagens de fim de ano com milhas?

Estamos passando por um momento de instabilidade. Diante desse cenário, as viagens de fim de ano com milhas são uma incógnita.

Pode ser que os planos mudem por cancelamento de voos ou até mesmo por algum imprevisto.

Por isso, o mais indicado é vender as milhas acumuladas ao invés de trocá-las por passagens.

Isso te dará maior flexibilidade e você não corre o risco de ter que pagar taxas e perder ainda mais dinheiro.

Para isso, acesse nosso site. No campo “descubra quanto valem suas milhas aéreas”, informe o nome, e-mail, telefone, quantidade de milhas e programa de fidelidade.

Confira os dados e clique em “cotar minhas milhas”.

Acesse e-mail informado para saber o preço que receberá pela venda. Leia a mensagem com atenção e clique no link.

Você será direcionado para a plataforma de finalização de cadastro. Preencha todos os campos com os dados solicitados.

Aguarde a validação da venda e escolha a forma de recebimento, que pode ser à vista ou agendado para 30 dias.

O dinheiro será depositado em sua conta a partir do momento em que nossa equipe financeira validar a comercialização.

Ao invés de fazer viagens de fim de ano com milhas, é bem mais interessante vender a bonificação e ter maior liberdade para fazer o que quiser com o dinheiro.

Assim, você não corre o risco de ter surpresas desagradáveis e ainda ganha uma renda extra.