Leve em consideração todos os itens que compartilhamos para que sua viagem seja inesquecível

A viagem começa bem antes do avião decolar. São meses pesquisando preços de passagens, conferindo quais são os melhores roteiros e verificando as opções de hospedagem.

Quando o dia da partida se aproxima, uma das nossas preocupações é fazer a mala. Em uma viagem para Londres, o que levar? Que roupas são mais apropriadas? Que sapato escolher? Se você está prestes a embarcar em um roteiro na terra do Big Ben, confira as dicas dos itens que não devem faltar na sua bagagem.

Imagem de ponto turístico em Londes.  Confira as 07 dicas para montar a mala ao viajar para Londres

1. Providencie a mala ideal para sua viagem

Os vôos internacionais permitem que você leve uma bagagem de mão de 10 kg. Além dela, você pode despachar uma mala com peso maior. Nesse caso, a bagagem é entregue à companhia aérea no momento do check-in e retomada no momento do desembarque.

Preste atenção nas regras da ANAC sobre as dimensões da bagagem de mão. Geralmente, elas são de 55 cm x 40 cm x 20 cm. Se você voar pela LATAM em classe econômica, as medidas são 55 cm x 35 cm x 25 cm e o peso da bagagem deve ser 8 kg. 

Em relação à bagagem despachada, as companhias aéreas que voam a partir do Brasil estão autorizadas pela ANAC para determinar o peso e as dimensões. Por isso, confira essas informações antes de providenciar sua mala. 

Se a ideia é visitar mais de uma cidade, o ideal é economizar na bagagem. Carregar mala de um lugar para outro não é muito confortável, certo?

2. Confira a previsão do tempo

Se a viagem a Londres for durante o verão, inclua na mala biquínis e roupas confortáveis. O bom de viajar nessa época do ano é que a bagagem não é dominada por casacos pesados.

No entanto, se você irá à cidade para curtir o inverno europeu, é preciso apostar em suéter, botas, luvas, touca e, claro, o casaco pesado. Mas, este, você pode levar na mão para acomodar melhor os outros itens na sua mala. 

3. Leve sapatos confortáveis

Lembre-se de que você andará bastante durante os dias de estada em Londres.  Portanto, providencie 1 par de sapatilhas, 1 par de tênis e 1 sapatinho mais formal para aquele jantarzinho em um lugar sofisticado.

Para o inverno, troque a sapatilha pela bota. Dica de ouro: mesmo que você tenha comprado os sapatos para a viagem, é importante usá-los antes para deixá-los mais confortáveis e evitar bolhas e calos.

4. Monte looks versáteis de primavera e verão

A primavera em Londres dura de março a junho. Nessa época, ainda faz um pouco de frio pela manhã e à noite. O verão compreende os meses de junho a agosto e é bem quente. Nesse caso, roupas mais frescas são bem-vindas. 

Pense em um esquema de cores e tecidos que podem ser combinados entre si de diversas formas. Nesse caso, uma paleta com 4 cores e ajuda a coordenar as peças entre si.

Se você fizer uma viagem de 15 dias, por exemplo, coloque na mala 10 partes de baixo (esse número deve contemplar calça, shorts e saia), 10 partes de cima, 1 cardigan, 1 vestido, 1 jaqueta, 3 pares de sapato, 2 bolsas (social e para o dia a dia) e acessórios.

5. Monte looks versáteis de inverno

Os meses setembro a novembro correspondem ao outono, Nessa época, as temperaturas em Londres variam de 5º a 19ª graus. Dessa forma, você deve fazer uma mala que contemple os dias mais quentes e os de friozinho. 

O inverno londrino dura de dezembro a fevereiro.  A temperatura média desta época do ano é de 2º a 7º graus, ou seja, faz frio de verdade! A palavra de ordem aqui é aquecimento. 

Nessas estações, uma mala para uma viagem de 15 dias deve conter 10 partes de baixo (calças em maior quantidade), 10 partes de cima (incluindo camisetas de manga longa), 1 casaco de inverno, 3 pares de sapatos fechados, 2 bolsas, 1 par de luvas, 1 chapéu ou gorro e acessórios. 

6. Providencie um adaptador de tomada

As tomadas na Inglaterra são diferentes das nossas. Nesse caso, para não passar perrengue, já saia do Brasil com um adaptador. O ideal é optar por um que seja universal, com opções de tomadas de vários países.

Assim, você poderá aproveitá-lo nas suas próximas viagens. Evite comprar esse objeto em aeroportos. Os preços nesses lugares não são nada amigáveis. O melhor é concentrar seus gastos com passeios em Londres. 

7. Produtos de beleza e higiene

Shampoo, condicionador, sabonete, hidratante para o corpo e rosto e creme dental, perfume, entre outros produtos, se forem na bagagem de mão, devem estar em embalagens de até 100 ml. 

Todos eles devem estar juntos em uma nécessaire transparente. Em relação às maquiagens, aposte em um conceito mais minimalista para não ocupar tanto espaço na mala.

Imagem mostra pontos turísticos de Londres

Aproveite para providenciar os itens de sua mala e acumular milhas

As companhias aéreas que operam no Brasil contam com programas de fidelidade que rendem milhas para quem realiza o cadastro e se torna sócio. Esse processo é rápido e gratuito. Basta entrar no site do Smiles, da Gol, LATAM Pass, da LATAM ou TudoAzul, da Azul  e preencher os espaços com as informações solicitadas.

Se você não vai viajar por nenhuma dessas companhias, verifique se a empresa aérea que te levará a Londres faz parte de alguma aliança com alguma delas. Você acumulará milhas da mesma forma. 

Caso precise comprar as roupas, sapatos, acessórios ou até mesmo as malas para sua viagem, dê preferência para as lojas parceiras do programa de fidelidade no qual você se associou.

Com isso, seu saldo de milhas poderá duplicar em pouco tempo. Não se esqueça de que o destino mais lucrativo para suas milhas é a venda. Para negociá-las com uma empresa de confiança, acesse o site da Cash Milhas.

Preencha o formulário com os dados solicitados e confira o e-mail que será enviado em seguida. Siga as instruções para concluir a venda e aproveite a renda extra para programar sua próxima viagem arcar com seus passeios em Londres.