Você já pensou em viajar de avião em grande estilo? Melhor ainda, viajar em grande estilo pagando pouco? Saiba que isso é possível! O grande segredo está em acumular milhas e utilizá-las no resgate de passagens de primeira classe.

Já não é mais novidade que o mercado de milhas se tornou um grande aliado para quem busca economia, seja comprando passagens mais baratas e dentro da sua necessidade de horários e destinos, trocando por produtos de empresas credenciadas ou até mesmo para conseguir uma grana extra, no caso da venda de milhas.

Sugerimos a leitura do nosso Guia com tudo o que você precisa saber sobre acumular milhas e utilizá-las da melhor forma.

Voos de primeira classe

É bem provável que você já tenha visto em filmes e revistas aqueles assentos luxuosos que mais parecem uma suíte de alto nível. É assim que funciona a primeira classe, normalmente disponíveis para voos internacionais e de longa distância.

Apesar de atualmente ser uma classe quase extinta, algumas companhias aéreas voltaram a investir nesse segmento e oferecer ainda mais conforto e regalias para quem está disposto a desembolsar uma boa grana.  

Os valores são altos, podendo chegar até cinco vezes o valor de uma passagem na classe econômica. Por outro lado, os benefícios também são incomparáveis.

Cabines privativas, decoração impecável, assentos reclináveis, cardápio variado com comidas e bebidas, televisão maior com mais canais de entretenimento e outros equipamentos eletrônicos, atendimento personalizado e produtos variados são alguns dos diferenciais que a primeira classe oferece.

Os passageiros da primeira classe contam ainda com um espaço diferenciado no aeroporto, roupa de cama, pijamas, kits com produtos de beleza e acessórios para aprimorar ainda mais o tempo de permanência na cabine, além de chefs de cozinha e comissários à disposição durante o voo.

Classe executiva

Apesar de não ter comparações devido ao alto padrão de qualidade e luxo que a primeira classe oferece, muitas empresas de aviação têm investido na melhoria da classe executiva.

A classe executiva tem um valor reduzido em comparação à primeira classe e elevado levando em consideração a classe econômica. Trata-se de um meio termo que varia de acordo com a companhia aérea.

O passageiro do executivo tem acesso privilegiado no aeroporto, poltronas mais espaçosas, serviços diferenciados e uma estrutura com mais qualidade, conforto e comodidade.

Acumular milhas para pagar menos

Devido ao valor elevado, as duas classes citadas acima não possuem uma procura tão grande quanto a econômica. Como falamos no início deste texto, ao acumular milhas você pode fazer um upgrade e viajar em uma classe superior pagando bem menos.

Em alguns casos, as passagens na primeira classe podem sair mais baratas que um assento econômico. Para isso, é necessário acumular milhas para realizar o processo. A quantidade necessária vai variar de acordo com a companhia aérea e o destino escolhido.

As empresas que possuem suítes de primeira classe são internacionais e todas elas possuem programas de fidelidade, parcerias com outras empresas e cartões de crédito, sendo possível acumular milhas de diversas formas para poder resgatar uma passagem.

voo primeira classe

Dicas para acumular milhas e comprar passagens baratas

Selecionamos três procedimentos que são importantes e estão interligados para acumular milhas e poder utilizá-las na compra de assentos na primeira classe. Confira:

01 – Associe-se a um programa de milhagens

Existem diversos programas de fidelidade no mercado. Alguns deles possuem parcerias com companhias aéreas internacionais e as pontuações obtidas em 

voos de diversas empresas podem ser transformadas em milhas em um único lugar.

Esses programas oferecem benefícios para os usuários que utilizam seus serviços com frequência e, por isso, é muito importante essa fidelização. Consumindo mais, você consegue acumular mais milhas e aumentar a possibilidade de fazer um upgrade de classe.

É muito comum as companhias aéreas praticarem o overbooking, que nada mais é que o excesso de oferta de um serviço a mais da capacidade suportada. No caso das viagens aéreas, as empresas vendem mais passagens que a quantidade de assentos na aeronave.

Isso acontece na tentativa de reverter possíveis desistências e preencher todas as vagas em um voo de maior procura.

Em situações onde o passageiro não consegue embarcar no voo comprado, a empresa é responsável por realocar o mesmo em outro voo de qualidade igual ou superior e, quando necessário, arcar com despesas de alimentação, estadia e transporte.

Nessa mesma situação, existe a possibilidade de se tornar um passageiro voluntário, aquele que abre mão da sua vaga em troca de compensações como bilhetes extras, milhas, dinheiro e uma vaga em um voo de classe executiva. Na maioria das vezes, essa concessão é feita com os usuários já fidelizados.

Na medida em que o tempo passa e os serviços vão sendo utilizados com mais frequência, os usuários podem subir de nível dentro do programa.

Quando se atinge o topo ou, até mesmo, durante esse percurso, os benefícios e vantagens só aumentam. Portanto, a fidelidade relacionada ao programa de milhagem vale sim muito a pena.

02 – Utilize o cartão de crédito com frequência para acumular milhas

Os programas de fidelidade possuem parceria com os bancos e as bandeiras dos cartões de crédito. Sempre que o cliente realiza compras no crédito, paga boletos pelo cartão ou realiza outras transações, as pontuações aumentam e, automaticamente, se torna possível acumular milhas cada vez mais.

Opte sempre por realizar essas transações com o seu cartão vinculado ao programa de fidelidade; é vantajoso e totalmente seguro. Quanto mais utilizar, maior será sua bonificação revertida em milhas.

03 – Fique de olho nas promoções

No momento da compra da passagem ou entre o check-in e o embarque, o passageiro tem a opção de fazer o upgrade de classes. Quando demonstrado o interesse, no próprio balcão de atendimento será repassado o valor de diferença a ser paga. Nos totens de autoatendimento e na internet, você encontra essa opção no menu.

O preço varia de acordo com a distância e a lotação do voo. A dica é ficar de olho nas promoções e cogitar mudar de classe mesmo que por curiosidade. Em alguns casos, o valor da diferença entre as classes econômica e executivas pode compensar muito.

Por fim, vem aquele questionamento: vale a pena viajar de primeira classe?

A resposta é sim! Porém, a situações variam de acordo com o perfil e as prioridades de cada pessoa. Se você tem dinheiro e está disposto a investir em conforto e qualidade, vá em frente!

Vale muito a pena também acumular milhas para fazer um upgrade de classes. É uma experiência incrível e muito vantajosa. O ideal é fazer isso em voos de longa duração, para aproveitar ao máximo os luxos e benefícios disponíveis na primeira classe.

O custo benefício dessa transição pode ser bastante rentável: usando milhas e ficando atento às ofertas, você pode pagar um valor menor que a passagem da classe econômica e ter, em contrapartida, as regalias de desfrutar das maravilhas da primeira classe!