Descubra quanto valem
suas milhas aéreas

Venda de milhas

A venda de milhas é uma prática que se tornou muito comum nesses últimos anos, porque agora, mais do que nunca cresceu o número de programas de fidelidade, além de existir nos tempos atuais muito mais informação sobre o assunto.

Só no 1º trimestre de 2018 o número de pessoas cadastradas em programas de fidelidade cresceu cerca 25%, aproximadamente 115 milhões de novos usuários, segundo dados da ABEMF, associação que trata de empresas que têm esse tipo de programa.

Com o aumento da geração de milhas, cresce também a perda

Todo esse crescimento de novos usuários aderindo aos programas de fidelidade, muito mais milhas são geradas, seja viajando, utilizando o cartão de crédito ou efetuando compras. Acontece que muitas dessas pessoas perdem boa parte de suas milhas acumuladas.

Isso faz com que o número de milhas perdidas no Brasil também seja grande. Em 2018 a quantidade de milhas desperdiçadas sofreu uma pequena redução, mas se comparada ao crescimento do acúmulo, o número de milhas perdidas ainda é muito significativo.

Por que as milhas se perdem

O maior motivo da perda de milhas é o prazo de validade. Cada programa de fidelidade adota uma política de gerenciamento de pontos. Algumas estendem o prazo, caso haja adesão de seus cartões de crédito ou associação em clubes de milhas, dentre outras negociações. Cabe ao consumidor ficar de olho.

A venda de milhas é uma opção para evitar perdas

Nem sempre a pessoa que tem milhas acumuladas realizará uma viagem ou adquirirá um produto para evitar que as milhas expirem. Uma opção lucrativa é vender os pontos de forma segura para empresas que fazem esse tipo de negociação.

A Cash Milhas atua neste mercado com responsabilidade. Dá para aproveitar cada milha acumulada sem burocracias e chateações. Os preços dos pontos podem ser analisados ao realizar uma cotação em nossa página inicial.