Com planejamento e plano de ações eficazes, é possível viajar sem se preocupar em apertar o orçamento.

O continente Europeu é o destino dos sonhos de muitos viajantes. E não é para menos, já que estamos falando de uma região do globo que abriga lugares incríveis e repletos de história e cultura.

A cidade de Paris, por exemplo, é considerada um dos destinos mais românticos do mundo. Não é a toa que ela é cenário onde ocorrem dezenas de pedidos de casamento por dia. 

Os amantes das artes também não ficam de fora do roteiro europeu. Quem vai a Barcelona se entrega às belezas estonteantes das obras do surrealista Salvador Dali. 

A cada vez que vamos obtendo informações sobre a cultura e o estilo de vida de cidades, como Roma, Lisboa, Londres, Berlim, Edimburgo entre outras, o desejo de fazer as malas vai se tornando cada vez mais forte.

Mas, diante de tantos sonhos, um desafio se faz presente. Como arcar com os custos da viagem? Depois dessa pergunta, muitas pessoas acabam desistindo do seu sonho por acreditarem que não conseguirão se organizar financeiramente.

Você já parou para pensar sobre isso? E se a gente te disser que é possível e muito mais simples do que você imagina ir à Europa sem gastar? Se você acha que a resposta para isso está relacionada a comprar passagens com milhas, leia esse texto até o final e descubra se esse é realmente o caminho. 

Imagem mostra corredor interno do avião

Tudo começa pelo planejamento

A primeira coisa que você deve fazer para ir à Europa sem a necessidade de pagar por isso é transformar seu sonho em meta. Quando estabelecemos metas, tiramos nosso desejo do plano das ideias e colocamos no mundo concreto.

Com a meta definida, é hora de traçar um cronograma e estipular a melhor data para a viagem. Para isso, você deve fazer uma previsão de quanto tempo levará para conseguir juntar o montante para sua viagem.

Mas, o tema do artigo é nada de gastos, certo? Então, como fazer para isso acontecer? Resposta simples: acumulando milhas.

Acumule milhas da forma correta

Para que você consiga somar mais pontos sem precisar colocar a mão no bolso para ir à Europa, é preciso conhecer os métodos e plataformas mais eficazes para acumular milhas. 

Os programas de fidelidade das companhias aéreas têm como objetivo principal fazer com que você seja capaz de comprar passagens com milhas. Com a democratização da tecnologia digital, é possível somar pontos de forma prática e sem burocracia.

Dentre as formas para acumular milhas, essas são as mais eficazes:

Cartão de crédito – Confira se seu cartão participa do programa de anuidade. Se você paga a taxa deste serviço, é bem que ele tenha um programa de pontuação para ser convertido em milhas.

O processo é simples e funcional. Quanto mais você compra e paga suas compras por meio da função crédito, mais pontos poderão ser acumulados

Aplicativos – Os smartphones são extensões das nossas vidas. Conseguimos resolver muitas coisas do dia a dia através de aplicativos e, ainda por cima, lucrar sem o menor esforço.

As companhias aéreas estão ampliando suas redes de parcerias para que o tempo gasto com o acúmulo de milhas seja cada vez mais reduzido. O EasyTaxi, por exemplo, é um dos parceiros da Multiplus. A cada corrida realizada, você ganha 20 pontos. 

E não para por aí. Se você possui um estilo de vida fitness, com o Heartbit, é possível acumular pontos a cada 30 minutos diários de caminhada. 

É apaixonado por animais de estimação? Além de receber amor incondicional do seu pet, você poderá ganhar 2 pontos Multiplus a cada 1 real gasto na plataforma Dot Pet. 

Para quem abastece o carro no Posto Ipiranga, é possível acumula quilômetros, que podem ser transferidos para o programa Multiplus.

Transferência de milhas – Em determinadas épocas do ano, as companhias aéreas oferecem o dobro de milhas se você transferir, por exemplo, 10 mil pontos do cartão de crédito para o programa de fidelidade.

Imagem mostra pessoa comprando passagem no cartão de crédito pelo computador

Confira sua pontuação e fique de olho nos prazos de validade

Escolha um programa de fidelidade e transfira todos os pontos acumulados em cartões, aplicativos e lojas parceiras para ele. Pesquise qual é o mais vantajoso e apresenta o melhor custo-benefício.

Você deve acompanhar regularmente seu saldo de milhas e se atentar para a data de expiração das mesmas. Não vai se legal dedicar tanto tempo para acumular e depois perder tudo por descuido, não é?

Agora que eu já acumulei milhares de pontos, posso comprar passagens com milhas? 

Lembra que a gente disse lá no início que a proposta é viajar sem gastar? Se você comprar suas passagens com milhas, como fará com os outros itens da viagem, como hospedagem, alimentação etc?

Mas, como farei para pagar minha passagem? A resposta é simples: venda suas milhas. Essa transação, além de ser muito segura e totalmente legal, é o melhor caminho para o cumprimento de sua meta de viajar para a Europa. 

Por que é mais vantajoso vender as milhas?

Valorização – A Cash Milhas, empresa especializada em comercialização, paga por suas milhas o valor que elas realmente possuem. Dessa forma, você não corre o risco de ficar com aquela sensação de nadar e morrer na praia.

Garantia de que a viagem irá acontecer – Um dos obstáculos dos programas de fidelidade das companhias aéreas e a não disponibilização dos trechos para que você chegue até seu destino na Europa.

Em outras palavras, você corre o risco de não conseguir trocar suas milhas porque o local que você deseja conhecer não é contemplado pelo programa ou a quantidade de milhas necessárias é absurdamente alta.

Se você vender suas milhas, tem a liberdade de comprar a passagem com melhor custo e não precisa ficar dependente de uma única companhia para voar. 

Imagem mostra amigas escolhendo destino de viagem para comprar no cartão de crédito

O que fazer com o dinheiro da venda de milhas?

Viu como é possível viajar sem gastar? Agora vem a melhor parte, aquela em que você só tem como preocupação as medidas burocráticas para fazer a viagem acontecer. Veja como administrar o dinheiro que você conseguiu com a venda de milhas:

Passagens com antecedência – Pesquise e compare os preços e compre as passagens para a Europa com, no mínimo, 6 meses de antecedência.

Seguro viagem – Ele é obrigatório e deve ser feito aqui no Brasil. Assim como as passagens, faça uma pesquisa e contrate o seguro com melhor custo-benefício. 

Passeios – Faça uma lista dos lugares que você deseja conhecer e contabilize quanto custará cada um. 

Hospedagem – Para manter o conceito de viajar sem gastar, busque por hostels, quartos compartilhados e aluguel de apartamentos. Essas opções costumam ser bem mais baratas que hotéis. 

Boa viagem e volte sempre!

Depois dessas dicas, viajar vai ser muito mais fácil e a Europa será sua segunda casa. Não se esqueça de acompanhar de perto cada pontinho que você acumular e transformar em milhas.